Alerta

Cão quase morre de insolação depois de um passeio no parque

Buldogue americano, com apenas um ano de idade, tinha estado a brincar num jardim em Glasgow. Temperatura corporal subiu 3º C acima do normal, colocando a sua vida em risco
Bichos
Cão quase morreu de insolação na Escócia
Cão quase morreu de insolação na Escócia
Cães com focinho curto, como os buldogues, são mais propensos a sofrerem golpes de calor (foto: VeganCyclist/Pixabay)

Um cão de raça buldogue americano, de um ano de idade, esteve às portas da morte, devido à subida da temperatura corporal, depois de um passeio no parque, no passado fim-de-semana, em Glasgow, na Escócia. Quando Finlay, que nasceu com apenas três patas, chegou ao médico veterinário, a sua temperatura corporal era de 42,2º C, mais 3º C do que o normal, segundo o jornal The Sun.

 

A dona, Shona McLaren, uma actriz de 38 anos de idade, contou que deu água de beber a Finlay, como sempre. “Algumas crianças começaram a brincar com ele e ele correu durante alguns minutos. Quando o vi ofegante, fiquei preocupada com a possibilidade de ele estar a ficar quente e, por isso, decidi levá-lo para casa”, disse ao mesmo jornal.

 

Mas o estado de Finlay piorou. O cachorro sentou-se e deixou de se mexer, os olhos ficaram vítreos e a língua adquiriu um tom azulado, ainda de acordo com o relato da dona. Shona McLaren transportou-o de imediato a um hospital veterinário, onde os médicos baixaram gradualmente a temperatura corporal de Finlay, para evitar um choque térmico e a falência dos órgãos. Algumas horas depois, o animal pôde regressar a casa.

 

A médica veterinária Terri Steel lembrou que qualquer cão pode ser vítima de uma insolação, mas há raças que correm mais riscos. “Raças de focinhos curtos, como os buldogues, os pugs e os shih tzus são mais propensas, pois não conseguem arrefecer o corpo através da respiração como os cães com focinho mais longo”, explicou.

 

A mesma especialista acrescentou: “Cães obesos, com muito pêlo, que usem roupa, jovens ou com problemas respiratórios têm também um maior risco”.

 

Lei os nossos conselhos sobre como proteger os seus animais estimação do calor.