Mau tempo

Depressão “Miguel” atinge hoje Portugal. Não se esqueça de protejer os seus animais

Ventos fortes, agitação marítima intensa e acentuada descida da temperatura são alguns dos efeitos desta depressão, que irá fazer sentir-se até à manhã de sexta-feira. Leia os nossos conselhos para manter os animais a salvo
Fátima Mariano
Depressão Miguel atinge Portugal esta quinta-feira
Depressão Miguel atinge Portugal esta quinta-feira
As rajadas de vento podem variar entre os 80 e os 95 quilómetros por hora (foto: Julia SchSch/Pixabay)

O território continental português vai ser atingido, a partir desta quinta-feira, pela depressão Miguel. Segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera, estão previstos ventos muito fortes, precipitação, acentuada descida da temperatura e agitação marítima intensa. Os efeitos vão sentir-se particularmente no litoral Norte e Centro e deverão manter-se até à manhã de sexta-feira.

Deixamos-lhe aqui alguns conselhos para manter os seus animais de estimação em segurança:

– Se tiver gaiolas com aves ou roedores no exterior, coloque-os num espaço interior para evitar que possam ser arrastadas pelo vento;

 

– No caso de ter aquários com água aquecida ou terrários com iluminação, certifique-se que tem uma pequena bateria pronta a usar em caso de quebra de fornecimento de energia eléctrica;

 

– Para evitar que os cães e gatos fujam assustados, mantenha-os dentro de portas, num local acolhedor, com água e comida. Isto é especialmente importante no caso de se registarem trovoadas. Nunca os deixe acorrentados no exterior, principalmente se houver o risco de a casota poder ser arrastada pelo vento forte;

 

– Tenha em atenção ao local onde coloca os animais, principalmente cães e gatos. Assegure-se de que eles não têm acesso a substâncias perigosas (detergentes, insecticidas, venenos, medicamentos), etc., e que não se magoam;

 

– É importante ter sempre preparado um kit de emergência que inclua comida e água para os animais (para pelo menos três dias), medicação (caso estejam a tomar), uma trela e uma manta ou brinquedo preferido;

 

– Certifique-se que os cães e os gatos têm uma coleira com uma chapa de identificação (nome e contacto do dono);

 

– Tenha sempre pronto um estojo de primeiros-socorros para si, a sua família e o seu animal de estimação. É importante saber que cuidados administrar aos animais em caso de acidente até que eles sejam vistos por um médico veterinário;

 

– Caso tenha que abandonar o local onde se encontra, não deixe os seus animais de estimação para trás. Leve-os consigo. Saiba antecipadamente os locais onde pode procurar abrigo em caso de evacuação e certifique-se de que pode levar o seu animal.

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.