Livro

«Meu gato, meu guru»: como tirar o máximo proveito da vida

Inspirando-se em Ziggy, o francês Stéphane Garnier apresenta 40 características dos gatos que nos podem ajudar a viver de forma mais livre e menos stressada
Fátima Mariano
meu gato, meu guru

Meu gato, meu guruQuantas vezes disse «sim» quando na verdade queria dizer «não»? Ou hesitou perante uma dificuldade? Os gatos não hesitam um segundo. Ou obedecem a ordens. Quem é o garante é o autor francês Stéphane Garnier, autor de Meu gato, meu guru (edições Albatroz). Traduzido em 25 línguas, este livro desafia os leitores a repensarem o seu estilo de vida e a adoptarem uma atitude semelhante à dos gatos perante os desafios do dia a dia.

 

«O gato possui um saber inato para tirar o máximo proveito da vida. Um saber que não se aprende nos tratados de filosofia, um conhecimento que nos oferece na sua maneira simples de ser», garante o autor.

 

A fonte de inspiração de Stéphane Garnier é Ziggy, um gato preto que vive com o autor há 15 anos. E que apesar de uma das patas dianteiras ter sido amputada antes de completar um ano de vida, na sequência de ter sido atropelado por uma moto, não hesita diante de qualquer obstáculo. «Nada mudou para ele, e, contudo, com uma pata a menos tudo tinha mudado», escreve.

 

Ao longo do livro, surgem citações de vários autores sobre as várias características dos gatos. No final, é disponibilizado um teste com 40 perguntas que permitirá ao leitor avaliar o seu Quociente de gato. Ou seja, verificar até que ponto o seu estilo de vida se aproxima da forma de viver dos gatos e o que deve ser repensado.

 

Afinal, como assegura o autor, «temos tudo a aprender com os gatos para melhorarmos a qualidade da nossa vida pessoal e profissional». Como um dia escreveu o escreveu o autor americano Mark Twain, «Se pudéssemos cruzar o Homem com o gato, o Homem melhoraria, mas o gato sairia a perder».

 

Este não é a primeira vez que Stéphane Garnier escreve sobre gatos. Anteriormente, publicou Catissime. L’encyclopédie du chat e Le chat en 500 citations (não traduzidos em português).