Campanha

Sete milhões de cães sofrem de ansiedade por ficarem em casa sozinhos

Associação inglesa lança campanha de alerta sobre a ansiedade por separação de que sofrem muitos cães quando os donos não estão em casa
Bichos
Muitos cães sofrem de ansiedade por separação
Muitos cães sofrem de ansiedade por separação
Se o seu cão teve comportamentos destrutivos enquanto este sozinho, não deve castigá-lo (foto: Fran/Pixabay)

Em Inglaterra, cerca de sete milhões de cães (85%) sofrem de ansiedade por passarem o dia longe dos donos. O número é avançado pela Sociedade Real para a Prevenção da Crueldade contra os Animais (RSPCA, sigla em inglês), que esta quinta-feira lançou uma campanha de alerta sobre esta questão.

 

Quando se sentem sozinhos e abandonados, mesmo que apenas por algumas horas, os cães demonstram a sua angústia através de comportamentos destrutivos. Mastigar os móveis, arranhar as portas, tirar os tapetes do sítio ou uivar são apenas alguns desses comportamentos.

 

Num inquérito realizado pela RSPCA, 22% dos donos afirmaram deixar os cães sozinhos quatro ou mais horas por dia, e mais de metade admitiu que eles ficam fechados dentro de casa. Um quarto das pessoas que respondeu lamentou que o horário de trabalho não lhe permita passar mais tempo com o seu cão, e uma em cada cinco respondeu ter notado sintomas associados à ansiedade por separação.

 

Ao jornal Express, Daisy Hopson, responsável pela campanha, referiu: «Sabemos que o amor entre os donos e os cães é incondicional – o centro da vida de cada um deles. Por isso, quando deixamos um cão difícil durante algum tempo, isso é muito difícil para ele».

 

E acrescentou: «Não tem nada que ver com a idade, a raça ou a sua origem, mas com o facto de muitos cães não saberem o que fazer quando o dono não está em casa ou se sentirem tristes por estarem sozinhos».

 

Por seu turno, Samantha Gaines, especialista em comportamento canino, explicou: «Tal como as pessoas, os cães expressam as suas emoções de diferentes maneiras, o que significa que nem sempre percebemos que têm um problema».

 

 

Como ajudar o seu cão

Se a sua mascote sofre de ansiedade por separação, siga estes conselhos da RSPCA:

 

– Nunca o castigue quando chega a casa, pois o comportamento destrutivo do seu cão pode agravar-se;

 

– Deixe-lhe algo com o qual se possa entreter durante muito tempo, como brinquedos ou dispensadores de comida que estimulem os seus sentidos. Estes artigos devem ser-lhe dados apenas quando o dono não está em casa;

 

-O cão sentir-se-á mais relaxado se o exercitar e o passear longamente antes de sair para o trabalho;

 

– Alimente-o antes de sair de casa;

 

– Deixe as cortinas fechadas para evitar que o seu cão ladre a pessoas ou animais que passem na rua. Deixe-o numa divisão calma ou deixe-lhe o rádio ligado.

 

Caso o problema persista, a RSPCA aconselha-o a falar com o médico veterinário ou um especialista em comportamento canino para adoptar outras estratégias.

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.