Canadá

Gata bebé consegue andar em pé graças a próteses 3D

Carly nasceu com a síndrome do nadador, uma doença que impede os animais de andarem com as quatro patas. Família de acolhimento espera que agora ela arranje um lar definitivo
Bichos
Gata Carly nasceu com uma deficiência nas patas traseiras


Uma gata bebé com uma deficiência nas patas traseiras que a impedia de andar em pé ganhou mobilidade graças a duas próteses 3D. Carly nasceu com a síndrome do nadador, uma doença rara que atinge os ligamentos das patas traseiras dos cães e gatos bebés, entre outros animais.

 

Os animais que nascem com hipoplasia miofibrilar (designação médico-veterinária) tendem a ter as patas traseiras e dianteiras estendidas em excesso e o abdómen em contacto permanente com o chão, o que faz com que se arrastem, em vez de caminharem com as quatro patas.

 

Carly tinha apenas seis semanas de idade quando foi deixada, juntamente com a família, à porta de um abrigo em Brampton, na província canadiana de Ontário, conta o canal de televisão CTV News. A mãe e a irmã rapidamente arranjaram um lar, mas ela foi ficando, devido ao seu problema de saúde. Groomer Karen Boerner, que tem sido a sua família de acolhimento temporário desde Dezembro, diz que Carly é uma gata “ousada” e “corajosa” e que “nada a irá parar”.

 

A sua história foi partilhada nas redes sociais e chegou ao conhecimento dos irmãos Cameron, residentes na cidade de Guelph. Os dois nasceram com a síndrome de Ehlers-Danlos, grupo de doenças hereditárias do tecido conjuntivo que pode provocar, entre outros sintomas, fracturas nas articulações e pele lisa. Por isso, identificaram-se logo com Carly.

 

“Os nossos corpos não produzem tecido conjuntivo suficiente, por isso, movemo-nos muito”, explicou Andrew Cameron ao mesmo canal de televisão. “Compreendi perfeitamente aquilo que Carly estava a passar”.

 

Para a ajudar, Cameron utilizou a sua impressora 3D para fabricar duas próteses que encaixam nas patas traseiras da gata. Depois de alguns ajustes, Carly passou a caminhar normalmente utilizando as quatro patas. Boerner espera que, agora, ela consiga finalmente encontrar uma família.

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.