Santiago do Cacém

Nasceu uma segunda girafa no Badoca Safari Park

Macho é o segundo filho de Kimani e de Theo, um casal que vive neste parque temático há 10 anos. Cria permanecerá junto da mãe nos primeiros dois meses de vida
Fátima Mariano
Nasceu mais uma cria de girafa no Badoca Safari Park
Nasceu mais uma cria de girafa no Badoca Safari Park
Macho nasceu no dia 9 de Fevereiro e passará os dois primeiros meses com a mãe (foto: Badoca Safari Park)
Nasceu uma segunda girafa no Badoca Safari Park
A mãe, Kimani, vive no parque temático de Santiago do Cacém há 10 anos (foto: Badoca Safari Park)
Nasceu mais uma girafa no Badoca Safari Park
No parque vivem seis girafas Rothschild, uma subespécie quase ameaçada (foto: Badoca Safari Park)
Nasceu mais uma girafa no Badoca Safari Park
As crias de girafa tornam-se autónomas aos 8/9 meses de vida (foto: Badoca Safari Park)

Os visitantes do Badoca Safari Park, que reabre este sábado, têm à sua espera uma nova atracção: uma girafa bebé. O macho, que ainda não tem nome, nasceu no dia 9 de Fevereiro com 60 quilos de peso e 1,80 metros de altura. Neste momento, pesa já 90 quilos, segundo Rui Cunha, coordenador do Departamento Animal, o que significa que está a crescer de forma saudável.

 

A nova cria é filha de Kimani e de Theo, duas girafas camelopardalis rothschildi, uma subespécie considerada quase ameaçada pela União Internacional para a Conservação da Natureza (IUCN, sigla em inglês). Esta é uma das maiores subespécies de girafas. Um indivíduo pode medir entre, 4,8 a 5,7 metros e pesar entre cerca de 800 a 1100 quilos.

 

Esta foi a segunda girafa a nascer neste parque temático localizado em Santiago do Cacém. No dia 27 de Setembro de 2017, veio ao mundo a Niassa, filha também da Kimani e de Theo, que estão no Badoca Safari Park há 10 anos. Mas ao contrário do macho que agora nasceu, a Niassa teve de ser alimentada desde o primeiro minuto pelos médicos veterinários. Apesar dos esforços de toda a equipa, Kimani nunca revelou o seu instinto maternal com a primeira cria. No primeiro mês de vida, Niassa foi acompanhada 24 horas por dia. Apesar de alguns sustos, fortaleceu-se e é um animal saudável.

 

É muito importante as crias de girafa beberem o primeiro leite, o chamado colostro, nas primeiras 12 a 24 horas de vida, pois este ajuda a fortalecer o seu sistema imunológico. Na segunda cria que deu agora à luz, Kimani já se comportou como esperado.

 

Até aos dois meses de idade, a nova cria permanecerá junto da mãe e da irmã. Findo esse período, passará a viver também com a manada, constituída por seis exemplares. A partir dos 8/9 meses de vida, a cria é totalmente autónoma.