Alerta

Hill’s Pet Nutrition recolhe alimento húmido com níveis elevados de vitamina D

Vários donos queixam-se que os seus cães adoeceram ou morrerem depois de terem ingerido a comida. Em Portugal, as latas suspeitas já foram recolhidas do mercado
Bichos
Recolhido alimento húmido com elevado nível de vitamina D
Recolhido alimento húmido com elevado nível de vitamina D
O excesso de vitamina D aumenta os níveis de cálcio, o que é prejudicial para os rins dos cães

Vários cães terão adoecido ou morrido depois de terem ingerido alimentos húmidos com níveis potencialmente elevados de vitamina D produzidos pela Hill’s Pet Nutrition.

 

Os cães de Caitlin Gibson, jornalista do Washington Post, terá sido uma das vítimas. A repórter publicou no Twitter uma mensagem em que dizia os que os seus animais tinham morrido na segunda-feira depois de consumirem determinados tipos de comida enlatada produzido por aquela empresa, noticia o Daily Mail.

 

Em declarações à CBS News, a médica veterinária Ann Hohenhaus explicou que o excesso de vitamina D aumenta os níveis de cálcio, o que causa problemas nos rins dos cães. Ann Hohenhaus aconselha os donos dos animais que ingeriram esta comida a estarem atentos a sinais que demonstrem que eles não estão bem, além de verificarem se eles estão a beber e a urinar com maior frequência.

 

A Hill’s Pet Nutriton tem estado a recolher, desde Novembro, as latas sob suspeita, num total de 675 000. Milhares de pessoas têm contactado a empresa para saber se o alimento que estão a dar aos seus animais se inclui no conjunto.

 

O fabricante anunciou, entretanto, que já «identificou e isolou o erro do fornecedor», que envolve a mistura específica de vitaminas, e que foram realizados testes adicionais aos seus produtos.

 

A empresa recusa-se a dizer quantos cães terão adoecido ou morrido por causa deste problema. Assegura, no entanto, que cada caso é avaliado com toda a atenção.

 

Em Portugal, é comercializado apenas um desses produtos – poderá confirmar qual aqui. A Hill’s Pet Nutrition em Portugal anuncia no seu sítio da Internet que além dos processos de segurança existentes, está a realizar testes extra aos ingredientes recebidos.