Crime

Cão violado pelo dono na Argentina na noite de Natal

Caso foi denunciado pelos vizinhos que estranharam os uivos de Bigotes à hora do jantar. Zoofilia não é crime na Argentina, mas o dono pode ser acusado de maus-tratos contra animais
Bichos
Zoofilia não é crime na Argentina
Zoofilia não é crime na Argentina
Os crimes de maus-tratos a animais podem ser penalizados com penas de prisão de entre 15 dias a um ano (foto: Alexander Stein/Pixabay)

Um cão foi violado pelo dono no bairro San Lorenzo Sur, cidade argentina de Neuquén, na noite de Natal. O crime foi descoberto por alguns vizinhos, que estranharam os uivos de Bigotes por volta da hora do jantar.

 

Segundo o jornal El Patagónico, ao ouvirem os ganidos do cão, os vizinhos tocaram à campainha. Foi quando Bigotes saiu assustado e a caminhar como se tivesse algum problema na anca.

 

Uma das vizinhas reparou então que ele apresentava ferimentos na região anal.

 

O dono foi colocado sob detenção até à chegada das autoridades policiais. Os vizinhos pediram também a intervenção da Procuradoria e do Instituto de Direito Animal.

 

Bigotes foi depois transportado a uma clínica médica veterinária. O relatório médico será importante para instruir o processo de acusação contra o dono, suspeito do crime de maus-tratos e crueldade contra animais.

 

A advogada do Instituto de Direito Animal, Andrea Gargiulo, referiu que o suspeito não tem mais cães. Bigotes está à guarda de um habitante do bairro enquanto o processo judicial decorre.

 

Na Argentina, a Lei de Protecção Animal considera casos de maus-tratos a vivissecção, a experimentação, o assassínio, as agressões, a mutilação, a intervenção cirúrgica sem anestesia, as lutas e o abandono, de acordo com o jornal La Republica. A zoofilia não é criminalizada.

 

Os crimes de maus-tratos podem ser punidos com uma pena de prisão de entre 15 dias a um ano. Em alternativa, o culpado pode ficar em liberdade mediante o pagamento de uma multa, a realização de trabalhos comunitários ou aceitando submeter-se a um tratamento psicológico.

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.