EUA

Cão que perdeu o nariz em luta procura família que o adopte

Sniffles tem 12 anos de idade e vive numa associação de protecção animal na Flórida. Mais de uma centena de pessoas já manifestou vontade de ficar com ele
Bichos
Sniffles perdeu o nariz numa luta com outros cães

Um cão com cerca de 12 anos de idade, que perdeu o nariz numa luta o ano passado, procura uma família que o adopte e que lhe permita ter uma velhice descansada.

 

Sniffles vivia nas ruas de Porto Rico. O ano passado, foi atacado por um grupo de cães e sofreu ferimentos graves no focinho. Uma associação local angariou dinheiro suficiente para pagar a cirurgia necessária à reconstrução do focinho, mas não foi possível salvar o nariz.

 

Pouco tempo depois, Sniffles (que na altura se chamava Otto) foi adoptado por uma mulher residente na Flórida (EUA), noticia o jornal Today. Mas a sua sorte durou pouco.

 

No início deste mês, foi encontrado a vaguear nas ruas e recolhido pelos serviços municipais. Tinha uma infecção nos intestinos, o que indicia que estaria abandonado há algum tempo.

 

Actualmente, encontra-se à guarda da Poodle and Pooch Rescue, uma associação sem fins lucrativos sedeada em Orlando.

 

Desde que a sua história foi publicitada pela TV Wesh na véspera de Natal, centenas de pessoas de todo o país mostraram vontade em ficar com ele.

 

Michelle Wacker, médica veterinária da Poodle and Pooch Rescue, diz que Sniffles é um cão muito descontraído, embora por vezes “tenha explosões de energia”. E, ironia das ironias, acrescentou, “dá beijinhos à esquimó”.

 

 

Necessidades especiais

Sniffles gosta de crianças e dá-se bem com cães de pequeno porte e com gatos. No entanto, o facto de ter sido atacado no passado faz com que fique nervoso na presença de cães de grande porte, avisa Michelle Wacker.

 

A associação está a fazer tudo para lhe dar uma boa qualidade de vida. Recentemente, fizeram-lhe uma limpeza dentária e removeram-lhe um sinal que cresceu junto a um dos olhos.

 

Os responsáveis da Poodle and Pooch Rescue estão felizes pelo facto de tantas pessoas quererem adoptar Sniffles. Mas gostavam que manifestassem o mesmo desejo em relação aos outros cães que estão no abrigo, e que correm o risco de serem eutanasiado.

 

A médica veterinária espera que Sniffles se torne uma espécie de embaixador dos cães com necessidades especiais.

 

Metade dos animais que estão à guarda da Poodle and Pooch Rescue são idosos, estão feridos ou sofrem de alguma patologia. A associação está sempre à procura de apoios financeiros para poder pagar as despesas médicas.

 

“Em 90% dos casos, é possível recuperar estes cães”, assegura Michelle Wacker.

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.