Legislação

Habitantes de cidade do Ohio proibidos de conduzir com os animais ao colo

Proibição entra em vigor no dia 20 de Dezembro. Passa também a ser proibido escrever, enviar ou ler mensagens de telemóvel durante a condução
Bichos
Conduzir com animais ao colo vai ser proibido no Ohio
Conduzir com animais ao colo vai ser proibido no Ohio
O objectivo é evitar que os condutores se distraiam durante a condução

A partir de 20 de Dezembro, os habitantes de Mantua, uma cidade do Ohio (EUA), não vão poder mais conduzir com os seus animais de estimação ao colo.

De acordo com o Departamento da Polícia de Mantua, quem desrespeitar a lei incorre numa contravenção secundária. Se for apanhado duas vezes num ano, ou se causar um acidente do qual resulte danos pessoais em terceiros, incorre numa contravenção em terceiro grau.

A nova legislação também se aplica a quem escrever, enviar ou ler mensagens de texto no telemóvel enquanto conduz. Excepto se utilizar um dispositivo Bluetooth ou mãos livres.

Segundo a Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária, em 2016, 3450 pessoas morreram devido a distracções de quem ia ao volante.

A presidente da Câmara de Mantua, Linda Clark, defende as regras no que diz respeito aos animais de estimação.

«Eles podem ser um problema quando queremos mudar de direcção ou quando um cão vê alguma coisa e anda de um lado para o outro e perturbam a visão. É uma forma de manter o animal e o conduto a salvo», disse ao Wall Street Journal.

Numa mensagem publicada na página de Facebook, a Polícia de Mantua aconselha os automobilistas: «Pouse o seu telefone. Mantenha os seus animais sob controlo dentro do veículo. E mantenha os seus olhos na estrada».

Um inquérito realizado este ano nos Estados Unidos da América revelou que 97% dos americanos costuma viajar com os seus animais de estimação no carro. Destes, 41% permitem que eles viagem no banco da frente e apenas 23% lhes colocam o cinto de segurança.

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.