Polémica

12 cães caem numa ravina em Cáceres por culpa do caçador

Animais perseguiam um cervo por ordem do dono numa propriedade de gestão agrícola-cinegética. Não se sabe qual o seu estado clínico ou sequer se sobreviveram
Bichos
Cães caem em ravina em Cáceres durante caça

Aviso: o vídeo contém imagens que podem chocar as pessoas mais sensíveis.

O caso, denunciado este sábado à noite, gerou uma onda de revolta no Twitter e mereceu já a condenação pública de alguns partidos políticos espanhóis.

Num vídeo, que começou por ser divulgado num fórum online de caçadores, vêem-se 30 cães a perseguirem um cervo por ordem do dono, um caçador.

À beira do precipício, conseguem encurralar a presa. No entanto, 12 dos cães acabam por cair na ravina, um a um, juntamente com a presa sem que o dono o tente evitar.

Não se sabe em que situação clínica se encontram os animais, mas a imprensa espanhola refere que dada a altura da qual caíram, deverão estar em estado grave. Se sobreviveram.

O caso ocorreu na Quinta Horrillo, uma propriedade de gestão agrícola-cinegética em Herreruela, Cáceras. Não se sabe quando é que as imagens foram gravadas, mas os representantes dos caçadores já vieram dizer que se tratou de «um acidente fortuito e isoldado».

 

Partidos políticos criticam

O caso foi denunciado este sábado à noite pelo naturalista Luis Miguel Dominguez, segundo o jornal El Periódico. No vídeo, é possível ver os cães a caírem uns atrás dos outros sob o olhar do caçador.

A determinada altura, ouvem-se vozes em castelhano («Corre, os cães estão a cair!» ou «Como soou, minha mãe, minha mãe») e também alguns tiros.

O caso já mereceu a crítica de alguns partidos políticos. Silvia Barquero, presidente do PACMA (Partido Animalista Contra os Maus-Tratos a Animais) refere existirem vários vídeos como este. «Esta é uma prática usual em montarias, durante as quais não só os animais são presas dos caçadores, como muitos cães acabam por ser esquartejados por essas mesmas presas», disse ao jornal El Periódico.

Pablo Iglesias, secretário-geral do Podemos, apelida de «criminosos» os responsáveis pelo incidente. «Acabemos com isto de uma vez por todas e castiguemos os responsáveis», escreveu na sua conta de Twitter.

 

Caçadores defendem-se

A Real Federação Espanhola de Caça, que confirmou o sucedido, expressou «consternação» por este «acidente» que aconteceu «numa zona perigosa», noticia o jornal La Vanguardia.

A mesma organização adianta que os animais foram «imediatamente» vistos por médicos veterinários ainda no local e transportados para clínicas veterinárias. Mas não revela em que estado se encontram os animais.

Em comunicado, a Federação expressa ainda «o seu apoio incondicional caçador afectado pela fatalidade que agiu convencido de que actuava com a máxima diligência».

1 Comentário
  1. Adalgisa 2 meses atrás
    Responder

    É uma vergonha, animais sendo mortos por gente tão estúpida. Atiçarem os cães em cima de um cervo indefeso, o mesmo vale para touradas, vaquejadas, rodeios, caça a raposa, matança de animais selvagens……. Logo não existirão mais por culpa desses estúpidos. ANIMAIS SÃO SERES VIVOS QUE TEM OS MESMOS SENTIMENTOS, QUE NÓS!!!!! ACABEM CON ESSA CRUELDADE, USSO NÃO É ESPORTE, É TORTURA!!!!!!

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.