Raridade

Quando uma zebra acasala com um burro nasce um… zebróide

Zippy nasceu no dia 2 de Outubro num santuário animal em Somersert. É o segundo zebróide a nascer no Reino Unido
Bichos
Zebra e burro acasalam

Quando um burro acasala com uma égua nasce uma mula. Quando acasala com uma zebra, nasce… um zebróide. O fenómeno, raro no Reino Unido, aconteceu pela segunda vez no mês passado. No dia 2 de Outubro, nasceu num santuário animal em Somerset Zippy, filho da zebra Ziggy e do burro Rag.

Ziggy foi comprada na Alemanha por Kristine Turner por mais de 11 mil euros. Levou-a para o santuário animal do qual é proprietária, em South Barrow (Somerset), e ali convive com nove burros.

Ziggy tem nove anos de idade e Rag, quatro. Ao jornal Independent, Kristine Turner disse que o nascimento de Zippy foi uma completa surpresa, pois desconhecia que a zebra estava grávida.

Segundo o jornal Daily Mail, Kristine Turner tinha feito várias tentativas para que nascesse um zebróide no santuário. No entanto, à medida que o tempo foi passando, acabou por perder a esperança. Até que nasceu Zippy.

 

Registos desde o século XIX

Kristine Turner referiu ainda que o zebróide tem uma personalidade muito vincada e alguns comportamentos próprios de um animal selvagem.

«Agora, já se acalma quando estou a escová-lo. Ziggy […] é uma óptima mãe. Ele nunca está fora do alcance do olhar dela. Passeiam pela quinta juntos e fazem tudo juntos. Rag mantém-se afastado», contou Kristine Turner ao mesmo jornal.

Zippy tem listas brancas e pretas nas patas, tal como a mãe. O resto do corpo é acastanhado, como o pai.

Os zebróides resultam do acasalamento de uma zebra com um macho de outra espécie. Este é o segundo a nascer no Reino Unido. Numa quinta em Shropshire vive Zambi.

De acordo com o jornal Daily Star, recentemente, foram resgatados dos EUA diversos zebróides. Os animais foram transferidos para uma santuário animal no Reino Unido.

Desde o século XIX que há registos da existência destes animais híbridos. Charles Darwin faz-lhes referência em alguns dos seus escritos.

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.