Campanha

Activistas exigem a libertação de Lammie, a elefante solitária do zoo de Joanesburgo

Animal está deprimido desde que perdeu o companheiro, em Setembro. ONG querem transferi-la para um santuário, mas os responsáveis pelo zoo recusam
Bichos
Lammie, a elefante solitária do zoo de Joanesburgo
Lammie, a elefante solitária do zoo de Joanesburgo
Lammie nasceu no jardim zoológico de Joanesburgo há 39 anos. Já viu morrer o companheiro, os pais e um irmão

Vários grupos de protecção animal têm vindo a pressionar a Câmara de Joanesburgo (África do Sul) para que Lammie, a elefante solitária do zoo da cidade, seja libertada. Lammie está deprimida desde que o companheiro, Kinkel, morreu subitamente em Setembro, depois de 10 anos a sofrer de cólicas.

Os responsáveis do Joburg Zoo recusam transferi-la para um santuário animal, onde ela poderia integrar-se numa manada. Em declarações ao Rosebank Killarney Gazette, o director-geral do parque, Tshepang Makganye, explicou que essa medida não garantiria o seu bem-estar, uma vez que Lammie nasceu no zoo há 39 anos e sempre ali viveu.

A solução poderá passar pela introdução de um novo macho, o que não agrada aos activistas da causa animal. Estes argumentam que isso significaria a quebra dos laços que unem o elefante ao grupo ao qual pertence e seria obrigá-lo a viver num ambiente artificial.

Tshepang Nakganye referiu ainda que a maioria da população não tem acesso aos santuários e que os jardins zoológicos desempenham um papel importante na educação dos cidadãos para a preservação da vida animal.

 

Petição mundial

«Observar um elefante sozinho e deprimido num cercado não contribui para a educação das pessoas que não têm acesso às reservas», contra-argumentou Marion Garaï, especialista em paquidermes, ao sítio da Internet Iol.

A Fundação EMS, uma ONG sul-africana, ofereceu-se já para suportar os custos da transferência de Lammie para uma reserva. Entretanto, foi lançada uma petição mundial, que já recolheu mais de 100 mil assinaturas.

Os elefantes são animais gregários. A morte de um indivíduo pode ser bastante traumática, principalmente quando não existe um grupo de suporte, como no caso de Lammie. Além do companheiro, ela já perdeu os pais, Dolly e Jumbo (capturados nos anos 1970) e um irmão, nascido em cativeiro e que morreu pouco tempo depois de ter sido deslocado para um zoo em França.

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.