Comércio

Nesta pastelaria, os doces são só para os cães

Dognuts, cupcakes, pipocas, cerveja e champanhe são apenas alguns dos produtos disponíveis na Rossi Pets Bakery, em Alfragide
Fátima Mariano
Doces só para cães
Doces só para cães
Bolos de aniversário e biscoitos podem ser personalizados mediante encomenda (fotos: Fátima Mariano)
Doces só para cães
Todos os produtos são confeccionados à mão com ingredientes 100% naturais
Doces só para cães
O nome da pastelaria é uma homenagem a Rossi, o cão de Tiago Silva
Doces só para cães
Há também pipocas e batatas fritas para os animais de estimação, sem sal nem açúcar
Doces só para cães
Além dos doces, na loja também se encontra cerveja, vinho branco e rosé e champanhe
Doces só para cães
As bebidas para animais de estimação são importadas, sobretudo de Itália e de Inglaterra

À primeira vista, parece uma montra de bolos igual a tantas outras. De tal forma que no início, os clientes ficavam surpreendidos quando lhes era perguntado se tinham cães. É que na Rossi Pets Bakery, os doces são exclusivamente para os animais de estimação, embora também sejam agradáveis aos olhos dos donos.

“Algumas pessoas, quando vêem a lista de ingredientes que temos exposta, dizem que também os podiam comer”, conta ao jornal Os Bichos, Tiago Silva, 25 anos de idade, o mentor desta pastelaria inaugurada a 4 de Outubro, Dia Mundial do Animal, no centro comercial Alegro, em Alfragide.

Na loja, encontramos dognuts, cupcakes, biscoitos, bolos de aniversário, de várias cores e feitios, e ainda pipocas e batatas fritas, sem sal, nem açúcar, tudo exclusivo para cães.

“Ainda não temos para gatos, mas queremos lá chegar. Os gatos são mais esquisitos e os bolos para eles têm que ter carne ou peixe”, explica Tiago Silva.

Os bolos de aniversário e os biscoitos podem ser personalizados, mediante encomenda. No dia que o jornal Os Bichos visitou a pastelaria, havia um bolo para celebrar o “casamento” da Bella e do Benny.

Além dos doces, há ainda cerveja (apenas para cães), vinho branco e rosé e champanhe, estes últimos, para cães e gatos. As bebidas são importadas. Embora também se vendam, o empresário considera que é um conceito que dificilmente se irá popularizar em Portugal.

 

100% natural

Tiago Silva é um apaixonado por cães. O nome da loja é uma homenagem a Rossi, o seu fiel amigo, que tem 13 anos de idade e é o resultado do cruzamento de um Serra da Estrela com uma cadela pastora alemã.

Devido a esta paixão, sempre quis ter um negócio relacionado com os animais de estimação. Depois de muita pesquisa, decidiu abrir a pastelaria. Começou a pensar mais seriamente no assunto há cerca de um ano e em meados deste ano, deixou o emprego numa empresa de consultoria para se dedicar a tempo inteiro ao seu negócio.

As quatro receitas, todas à base de vegetais, encontrou-as em empresas dos Estados Unidos da América, onde o conceito de pastelaria para animais de estimação existe há muitos anos.

Os doces são confecção própria, feitos à mão com ingredientes 100% naturais. “Alguns produtos são caros porque os ingredientes são caros”, explica o dono da Rossi Pets Bakery, dando como exemplo a manteiga de amendoim, que não pode ter sal ou açúcar.

Para Matilde Gomes, cliente da loja, este é um factor diferenciador. “Os produtos que se compram no supermercado, não sabemos do que são feitos. Estes, temos a garantia de que são verdadeiramente naturais”, disse ao jornal Os Bichos. No dia da nossa reportagem, Matilde comprou dois dognuts para Duxxy e Chuck, ambos com sete anos de idade e “muito gulosos”.

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.