Prevenção

Como manter o seu animal seguro durante o Dia das Bruxas

A noite de Halloween é de diversão, mas esconde muitos perigos para o seu cão ou gato. Confira neste artigo alguns cuidados que deve ter com eles
Fátima Mariano
Halloween
Halloween
Não force o seu animal a usar uma máscara se ele não se sentir confortável com ela (foto: Pixabay)

Embora não seja uma tradição portuguesa, a verdade é que cada vez mais pessoas celebram o Dia das Bruxas (ou Halloween, no seu termo original) em Portugal. De há uns anos a esta parte, multiplicam-se os eventos na noite de 31 de Outubro para 1 de Novembro em que os convidados são desafiados a vestir trajes assustadores. Muitas casas são também decoradas de acordo com a data e os mais novos andam de porta em porta a pedir doçuras ou a oferecer travessuras.

Embora seja uma noite de muita diversão, o Dia das Bruxas esconde alguns perigos para o seu animal de estimação. Por isso, para que tudo corra bem, tenha em atenção estes conselhos:

– O chocolate e os doces são tóxicos para os cães e os gatos. Por isso, mantenha-os num local onde eles não os alcancem. Não se esqueça de que são animais muito curiosos e que conseguem chegar aos sítios mais inacreditáveis. E que os cães têm um olfacto muito apurado;

– Se os seus animais costumam estar no exterior da casa (no quintal, jardim, varanda ou pátio), é importante colocá-los no interior nessa noite. O barulho que os mascarados fazem ao andar na rua, o ruído oriundo das festas ou de artefactos pirotécnicos podem assustá-los;

– Se tem por hábito levar o seu cão à rua depois do jantar, nessa noite, leve-o um pouco mais cedo para evitar os grupos de mascarados, que podem assustá-lo;

– No caso de levar o seu cão ou gato consigo para algum evento, assegure-se de que a informação do microchip está actualizada e de que ele tem uma chapa identificadora na coleira. Há pessoas que gostam de fantasiar os seus animais e de os levar para as festas. Se se perderem, será mais fácil a quem os encontrar contactar o dono;

– Há animais que se assustam facilmente com pessoas mascaradas. Se for o caso do seu, é aconselhável deixá-lo numa divisão da casa onde ele não as vejas e se sintam menos ameaçado;

– Mantenha as abóboras com velas acesas, os cabos e fios fora do alcance dos seus animais. Já pensou no perigo que é se eles derrubarem uma vela acesa?

– As abóboras e o milho (dois produtos típicos desta época) podem provocar dores de estômago ao seu animal. Embora não sejam tóxicos, são indigestos;

– Não obrigue o seu animal a usar uma máscara se ele não se sentir confortável com ela. Isso causar-lhe-á grande stress;

– Mas se pretender mascarar mesmo o seu cão ou gato, certifique-se que o fato não restringe os seus movimentos naturais, não o impede de miar ou ladrar, nem lhe limita a visão ou a capacidade de respirar normalmente. Tenha também o cuidado de verificar se a máscara não tem peças que ele possa roer ou mesmo engolir.

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.