Segurança

Polícia de Córdova retira coches aos cavalos por causa das altas temperaturas

Regulamento proíbe a sua circulação entre as 14 horas e as 19 horas nos dias de muito calor. No dia 12, um cavalo desmaiou, devido a um episódio de insolação
Bichos
cavalo


A Câmara de Córdova ordenou, na segunda-feira, a retirada dos coches aos cavalos que circulam na Mesquita e do casco histórico que estavam a trabalhar entre as 14 horas e as 19 horas, na sequência o aviso laranja emitido pela Agência Estatal de Meteorologia por causa as altas temperaturas.

Ao jornal ABC Sevilha, Emilio Aumente, delegado Segurança, explicou que a Polícia local «actuou de imediato» para retirar os coches das zonas em que estão proibidos de circular devido ao alerta de calor.

De acordo com o regulamento para a protecção da saúde e do bem-estar animal, em vigor desde 19 de Junho, estes cavalos que puxam os coches turísticos não podem circular entre as 14 horas e as 19 horas nos dias em que a temperatura atmosférica é elevada.

 

Cavalo desmaiou

No dia 12 deste ano, um cavalo desmaiou na Puerta del Ponte, no centro de Córdova, devido a um episódio de insolação, quando puxava um coche. Nesse dia, esses cavalos estavam proibidos de circular nas horas estipuladas pelo decreto, devido ao aviso amarelo de temperaturas altas.

Alertada por turistas, a Polícia foi ao local tomar conta da ocorrência e recordou aos cocheiros a obrigatoriedade de cumprir o regulamento e de dar água aos animais, de os refrescar e de os resguardar do calor.

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.