Estudo

Sabia que os cães pequenos levantam mais a pata quando urinam do que os grandes?

O objectivo será enganarem os outros cães quanto ao seu tamanho. Investigação conclui que poderá ser uma forma de afastarem problemas com adversários maiores
Bichos
pata
pata
Em muitos casos, os cães urinam apenas para comunicarem uns com os outros (foto: Pixabay)

Quando um cão urina, nem sempre é para satisfazer uma necessidade fisiológica. Muitas vezes, está apenas a marcar o território e a comunicar com outros cães. Ao cheirarem esses locais marcados, eles obtêm informação sobre o sexo, o tamanho, a capacidade competitiva, entre outras, sobre o cão que por ali passou antes.

No caso dos machos, a altura a que levantam a pata e o ângulo em que urinam são também factores importantes. Um novo estudo científico concluiu, agora, que os cães pequenos tendem a urinar mais vezes do que os grandes e que levantam a pata de forma a que a urina chegue mais alto, quando o alvo são objectos verticais, como árvores ou postes de electricidade.

Desta forma, dizem os autores do artigo publicado no Journal of Zoology, enganam os adversários quanto ao seu tamanho e capacidade competitiva. É o que os investigadores designam de «sinal desonesto».

 

Mecanismo de defesa

Para realizarem este estudo, os cientistas da Universidade Cornell (EUA) utilizaram cães adultos de um refúgio animal. Durante os passeios, filmaram-nos em câmara lenta sempre que urinavam. Num primeiro teste, verificaram se a altura a que levantavam a pata correspondia à marca da urina deixada na árvore. Num segundo, analisaram se os cães de pequeno porte levantavam a pata num ângulo maior do que os grandes de modo a que a marca da urina ficasse num ponto mais elevado. Os investigadores concluíram que sim.

«[…] embora a altura da marca da urina revele em parte o tamanho do cão, os mais pequenos parecem “enganar” ao utilizarem ângulos maiores quando levantam a pata […] para exagerar o seu tamanho», escreveram os autores da pesquisa.

Os cientistas acreditam que este truque lhes pode ser vantajoso, na medida em que evitam conflitos com outros cães.

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.