Livro

Caderno de campo ensina a identificar as borboletas de Vila Real

No concelho vivem 98 das 2580 espécies conhecidas em Portugal. Obra editada pela Câmara Municipal desafia os cidadãos a conhecerem melhor estes insectos
Bichos
borboleta

Vila RealAs borboletas que vivem no concelho de Vila Real são o tema do primeiro caderno de campo editado este ano pela Câmara Municipal. O livro, desenvolvido com a colaboração da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro e do TAGIS – Centro de Conservação das Borboletas de Portugal, desafia os cidadãos a conhecerem melhor estes insectos para, dessa forma, poder defendê-los de eventuais ameaças.

A obra é dirigida tanto a um público que tem já alguma informação sobre estes animais como àquele que só agora se vai iniciar nesta matéria. Ao longo de 120 páginas, são apresentadas informações sobre o ciclo de vida e a anatomia das borboletas, os habitats onde podem ser encontradas e fichas individuais para cada uma das espécies, devidamente ilustradas (320 fotografias ao todo) e mapeadas (98 mapas).

No final do livro, é apresentado um glossário para que o leitor possa compreender melhor os conceitos técnicos menos conhecidos. Inclui ainda uma lista de sinonímias, um índice zoológico e outro botânico e algumas páginas onde os leitores podem escrever as suas notas de campo.

De acordo com o prefácio, este é o primeiro de uma colecção intitulada Cadernos de Campo da Biodiversidade, que terá continuidade nos próximos meses.  A colecção abordará outros grupos faunísticos e florísticos presentes no território de Vila Real.

 

Clima ameno em Vila Real

Em todo o mundo, estão identificadas 180 mil espécies de borboletas. Em Portugal, conhecem-se 2580, 98 das quais podem ser encontradas no concelho de Vila Real.

As borboletas têm um papel muito importante para o equilíbrio do ecossistema, uma vez que contribuem para a polinização das plantas com flor. Por outro lado, são óptimos bio-indicadores da qualidade dos habitats. O desaparecimento destes insectos de uma determinada região revela alterações profundas no ecossistema.

Segundo o Caderno de campo. As borboletas de Vila Real, as zonas mais baixas do concelho, devido ao seu clima mais ameno, são aquelas onde é possível observar borboletas durante a maior parte do ano.

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.