Perigo

Jovem em coma depois de ter sido mordida por cobra venenosa que comprou online

O caso aconteceu no nordeste da China na segunda-feira. Rapariga terá dito ao vendedor que queria o animal para fabricar “vinho de cobra”
Bichos
Cobra
Cobra
Esta espécie de cobra, extremamente venenosa, pode atingir 1,8 metros de comprimento

Uma jovem de 21 anos de idade entrou em coma depois de ter sido mordida num dedo por uma cobra altamente venenosa que comprou online. O caso aconteceu na segunda-feira na cidade de Weinan, no nordeste da China, adianta o jornal South China Morning Post.

Segundo a imprensa local, a rapariga decidiu ter como animal de estimação uma cobra da espécie Bungarus multicinctus, muito comum em grande parte da China e no sudeste asiático. Segundo os pais, ela começou a sentir-se tonta e nauseada cerca de uma hora depois de ter sido mordida. Foi de imediato transportada ao hospital e entrou em coma.

O South China Morning refere que o hospital não tinha anti-veneno para combater o veneno desta espécie de cobra, uma vez que não é muito comum naquela região da China. Ou seja, a rapariga só recebeu o anti-veneno um dia depois de ter sido atacada.

Na terça-feira, os pais da jovem avisaram a polícia de que o animal tinha desaparecido. Acabou por ser encontrada morta um dia depois, não muito longe da casa da família. Os pais sabem que a jovem comprou a cobra online, mas não têm qualquer informação sobre o vendedor, nem sabem como é que o animal foi entregue em casa.

Algumas notícias referem que a jovem foi avisada pelo vendedor de que a cobra era muito venenosa. Ela ter-lhe-á explicado que a queria para fabricar “vinho de cobra”, um medicamento tradicional chinês que consiste em deixar o animal a fermentar em álcool.

As Bungarus multicinctus são uma espécie rara e protegida na China, sendo ilegal matá-las ou vendê-las. São extremamente venenosas, podendo a sua mordida causar a morte, e podem atingir 1,8 metros de comprimento.

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.