Efeméride

Zoo de Lisboa assinala o Dia Mundial da Serpente com actividades para miúdos e graúdos

Data é assinalada na segunda-feira com visitas ao reptilário para a observação ao vivo de serpentes, entre as quais a pitão-reticulada, a maior do mundo
Bichos
Pitão
Pitão
A pitão-reticulada é a maior serpente do mundo, podendo atingir os seis metros de comprimento (Foto: Jardim Zoológico de Lisboa)

Na próxima segunda-feira, o Jardim Zoológico de Lisboa vai promover um conjunto de actividades para assinalar o Dia Mundial da Serpente. O objectivo é sensibilizar os visitantes para a necessidade de preservar este animal.

Entre as 11.30 horas e as 13.30 horas, haverá uma visita ao reptilário, durante a qual é possível ver ao vivo várias serpentes, entre as quais a pitão-reticulada (Python reticulatus), a maior do mundo. Esta espécie mede entre quatro a seis metros de comprimento, embora no Livro dos Recordes esteja registado um exemplar com 11 metros de comprimento.

Ainda nesse dia, no Zoo de Lisboa, às 17.30 horas será possível assistir à apresentação “Cobras & Lagartos” no Bosque Encantado.

Existem cerca de 3458 espécies de serpentes em todo o mundo, algumas das quais estão em risco de extinção devido aos mitos e superstições que lhes estão associados, à destruição do seu habitat natural e à caça. Em vários países asiáticos, a sua carne é muito apreciada. A sua pele é também procurada para a confecção de vestuário, calçado e acessórios.

As serpentes têm um papel importante no equilíbrio dos ecossistemas. Muitas delas são responsáveis pelo combate de pragas (nomeadamente, ratos) que atacam as colheitas. Embora algumas espécies sejam venenosas, a maioria é inofensiva e tende mais a fugir do que a atacar quando se cruza com um ser humano.

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.