Cooperação

França oferece à Rússia um cão especialista na detecção de tabaco

Oferta assinalou os 20 anos de cooperação aduaneira entre os dois países. Matisse é um cão de pastor alemão preto com dois anos de idade
Bichos
Matisse nasceu na região de Toulouse (Foto: Direitos reservados)

Para assinalar os 20 anos de cooperação aduaneira com a Rússia, a França ofereceu-lhe um cão de pastor alemão preto especialista na detecção de tabaco. A entrega foi feita no dia 27 de Junho na residência oficial do embaixador gaulês em Moscovo, mas só esta sexta-feira foi divulgada a informação no sítio da Internet da autoridade aduaneira francesa.

Matisse, assim se chama o cão, nasceu em Maio de 2016 no centro canino de Haut de l’Arize, na região francesa de Toulouse. O seu nome é uma homenagem a Henri Matisse, o célebre pintor francês que ganhou fama graças ao patrono do russo Sergei Shchukin.

Em Abril e Maio, Matisse trabalhou com Kristina, uma treinadora russa natural de Pskov, na Escola Nacional das Brigadas Aduaneiras de La Rochelle. Esses dois meses foram importantes para se conhecerem e conquistarem a confiança um do outro, essencial para um bom desempenho no trabalho que os espera.

De acordo com a edição francesa do jornal Russia Beyond, Matisse é especialista na detecção de tabaco contrabandeado, um negócio que financia o crime organizado e o terrorismo. Matisse tanto responde a palavras de comando em francês como em russo.

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.