Sorte

Sam, o gato que sobreviveu a três naufrágios na II Guerra Mundial

Felino ficou conhecido como «Sam, o inafundável». Em 1941, escapou ileso do ataque a um navio alemão e a dois britânicos. Morreu em 1955 em Belfast
Bichos
Sam quando vivia em Belfast (Foto: Public Domain)

Costuma dizer-se que os gatos têm sete vidas. Sam parece ser a prova disso. Na Segunda Guerra Mundial, esteve gato preto e branco sobreviveu a três naufrágios.

O primeiro naufrágio ao qual Sam (na altura conhecido como Oskar) sobreviveu registou-se em 27 de Maio de 1941, quando o navio couraçado alemão Bismarck  foi atingido pela Marinha britânica, depois da Batalha do Estreito da Dinamarca, em plena II Guerra Mundial. Dos 2200 tripulantes apenas 180 escaparam com vida e…  Sam. O gato foi salvo pelo navio britânico HMS Cossak, onde curiosamente recebeu o mesmo nome: Oscar. Foi a única vida resgatada por esta embarcação.

Em 24 de Outubro de 1941, o HMS Cossak foi torpedeado pelo submarino alemão U-563, sofrendo danos significativos. Três dias depois, quando estava a ser rebocado para um local seguro, o navio britânico foi vítima de uma explosão ao largo de Gibraltar. Morreram 159 pessoas, mas o gato sobreviveu uma vez mais e foi levado para terra.

Nesta altura, já eram conhecido por Sam, o inafundável. Foi acolhido pela tripulação do HMS Ark Royal, um porta-aviões da Marinha Real Britânica (que tinha estado envolvido na Batalha do Estreito da Dinamarca). Mas este foi também atacado pelo submarino alemão U-81, no dia 14 de Novembro do mesmo ano. Apenas sobreviveu uma pessoa e… Sam, que foi encontrado em cima de uma prancha.

Esta terá sido a última vez que o gato embarcou num navio. Durante algum tempo, Sam viveu na casa do Governador Geral de Gibraltar. Acabou por ser enviado para Belfast, na Irlanda do Norte, onde passou a viver num lar de marinheiros. Morreu em 1955. No Museu Nacional Marítimo de Greenwich, em Londres, existe um retrato a pastel de Sam da artista Georgina Shaw-Baker.

 

 

 

 

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.