Poluição

Baleia-piloto morreu na Tailândia depois de ter engolido 80 sacos de plástico

Lixo impediu jovem macho de ingerir alimento nutricional. Quantidade de plástico existente nos oceanos triplicou na última década e é a causa de morte de muitos animais marinhos
Bichos
Baleia-piloto

Uma baleia-piloto morreu na sexta-feira no sul da Tailândia, depois de ter engolido 80 sacos de plástico, num total de oito quilos, anunciou a Marinha daquele país. O jovem macho foi avistado no canal Thap na segunda-feira. Durante quase uma semana, elementos do serviço de conservação da natureza auxiliados por populares tentaram salvá-la, mas sem sucesso. Durante a operação de salvamento, o animal vomitou cinco sacos de plástico.

Thon Thamrongnawasawat, biólogo marinho e professor na Universidade Kasetsart, citado pela estação de televisão Sky News, explicou que os sacos impediram a baleia-piloto de ingerir alimentos nutricional. Segundo este perito, todos os anos morrem pelo menos 300 animais marinhos nas águas tailandesas por engolirem sacos de plástico.

Um estudo divulgado recentemente pelo governo britânico indica que na última década, a quantidade de plástico existente nos oceanos triplicou. A Tailândia é um dos cinco maiores poluidores de sacos de plástico, o que obrigou o governo a anunciar no mês passado que está a ponderar criar uma taxa sobre eles.

Na lista do top 5 estão ainda a China, a Indonésia, as Filipinas e o Vietname. Segundo o Ocean Conservancy, uma organização internacional fundada em 1972 que trabalha em prol da defesa dos oceanos, estes países são responsáveis por mais de metade dos plásticos que são deitados nos oceanos anualmente, num total de entre oito a 13 milhões de toneladas.

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.