Pedagogia

Provedoria dos Animais de Lisboa lança projecto de sensibilização junto das crianças

Programa irá promover o contacto próximo entre os mais novos e os animais domésticos e selvagens e ainda a adopção responsável de cães e gatos
Fátima Mariano
cabra
Vários estudos indicam que o convívio regular com os animais ajuda a melhorar as competências sociais das crianças (Foto: Mondisso/Pixabay)

A Provedoria dos Animais de Lisboa apresenta na sexta-feira, 1 de Junho, Dia Mundial da Criança, um projecto que tem como objectivo explicar aos mais novos a importância de se salvaguardar o bem-estar dos animais.

O PSIRA – Programa de Sensibilização na Infância para o Respeito pelos Animais dirige-se aos alunos dos 1.º e 2.º ciclos do Ensino Básico e irá promover um conjunto de iniciativas que permitam às crianças conviverem de perto com animais domésticos e selvagens. Simultaneamente, tentará promover a adopção responsável de cães e gatos que estão a cargo da Casa dos Animais.

Ao jornal Os Bichos, a provedora dos Animais de Lisboa sublinha que «as gerações mais novas estão mais centradas nas temáticas ambientais e dos direitos dos animais do que as mais velhas». Marisa Quaresma dos Reis acredita que as crianças «têm um potencial muito grande na sensibilização dos mais velhos” para estas problemáticas, podendo ajudá-los a “mudar a sua perspectiva em relação aos animais».

De entre as acções pensadas estão visitas de estudo a locais onde existam animais (domésticos e silvestres) e sessões de leitura na Casa dos Animais, que acolhe cerca de 200 cães e 30 gatos. «Os cães precisam muito de interagir com os seres humanos. Pretendemos com estas acções melhorar as competências sociais das crianças e a vida dos animais que vivem em CRO (Centro de Recolha Oficial)», refere a provedora.

 

Adopção responsável
Outra das iniciativas que Marisa Quaresma dos Reis tentará desenvolver no âmbito do PSIRA (cujo embaixador é o pediatra Mário Cordeiro) é a adopção responsável de cães por parte das escolas ou, pelo menos, o seu acolhimento temporário. «Deste modo, permitir-se-ia que as crianças contactassem mais frequentemente com os animais e os cães sairiam do ambiente de canil», explica a mesma responsável.

A primeira acção integrada no PSIRA realiza-se na sexta-feira, com a exibição de Ferdinando, um filme do realizador brasileiro Carlos Saldanha que fala de um touro que não gosta muito de participar nas touradas que se realizam no seu país-natal, Espanha.

A escolha do filme não foi feita ao acaso. «Trata-se de um filme que não se centra no cão e no gato, mas no touro, um animal com o qual as crianças não estão tão familiarizadas e que fala na questão das touradas», explica Marisa Quaresma dos Reis.

O filme será exibido a partir das 10 horas na Cinemateca. A entrada é gratuita, mas com inscrição obrigatória.

1 Comentário
  1. Teresa Carla Ramos Rodrigues Santa Bárbara da Fonseca y 6 meses atrás
    Responder

    Ótimo. Se sensibilizaram os as crianças,elas serão no futuro adultos conscientes e com compaixão e Amor pelos animais. É passarão a mensagem aos adultos!

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.