Sabia que...?

10 curiosidades sobre os furões

Conheça algumas características desta espécie antes de comprar ou adoptar um furão
Bichos
Furão

1 – Quando nascem, cabem numa colher de chá

À nascença, um furão pesa cerca de 28 gramas, ou seja, cabe numa colher de chá. Em adulto pode pesar entre 680 gramas a 1,8 quilos e medir meio metro (as fêmeas são mais pequenas do que os machos). O período de gestação é de cerca de seis semanas e cada fêmea pode ter até oito crias de cada vez. É importante não incomodar a fêmea durante a primeira semana após o parto, pois ela pode ficar amedrontada e comer as crias.

 

2 – Nascem sempre brancos

Quando nascem, os furões são brancos. Só adquirem a sua cor definitiva por volta dos três meses de idade. Estes animais podem ter uma infinidade de cores, desde o branco, champanhe, preto, chocolate até ao tom canela e ao tricolor.

 

3 – São míopes

Os furões nascem cegos e surdos. Só começam a ouvir e a ver por volta dos 34 dias de idade, mas a visão deles é má, pelo que se guiam pelo seu olfacto e audição, muito desenvolvidos. Só conhecem as cores verde e azul.

4 – Dormem muitas horas

Em média, os furões dormem entre 14 a 20 horas por dia (com intervalos de quatro horas entre os ciclos de sono), estando mais activos ao amanhecer e ao anoitecer. É importante arranjar-lhes um local onde possam dormir no mais completo escuro. Têm um sono muito profundo, não reagindo a qualquer estímulo, como se estivessem mortos.

 

5 – Podem ser treinados

Tal como os gatos, os furões também podem ser ensinados a fazerem as suas necessidades numa caixa de areia. Esta deve ser colocada num canto. Contudo, não espere que eles cubram as fezes com a areia. É também possível treiná-los para andarem à trela, embora não gostem muito. Com um pouco de paciência, até podem reagir quando os chamamos pelo nome.

 

6 – Dançam

Quando querem brincar, fazem aquilo que é conhecido por «ritual da guerra»: saltam muito, arqueiam o dorso e abandam a cauda freneticamente enquanto produzem sons suaves, como se estivessem a dançar. Uma vez que são animais muito sociáveis e gregários, o ideal é pelo menos ter dois furões em casa.

 

7 – São muito curiosos e adoram esconder objectos

Uma das principais características destes bichos é a curiosidade. Adoram explorar novos espaços e é necessário estar constantemente a supervisioná-los, não vão meter-se em sarilhos. Podem refugiar-se dentro de gavetas, no interior dos sofás ou por detrás dos frigoríficos ou outros electrodomésticos, podendo ferir-se gravemente ou mesmo morrer. Também gostam de esconder pequenos objectos. A palavra furão deriva do latim furittus, que significa «pequeno ladrão».

 

8 – Podem ficar engripados

São animais muito sensíveis ao vírus da gripe A e B. Facilmente contagiam os humanos e são contagiados por estes. A gripe pode ser fatal em furões juvenis ou mais velhos, uma vez que o sistema imunitário é mais frágil. Assim que aparecem os primeiros sintomas de gripe, deverá levá-lo ao médico veterinário.

 

9 – Lavam o focinho e as orelhas

Para lavarem o focinho e as orelhas, os furões apertam as narinas e sopram ou espirram para libertarem o seu perfume natural. Depois, esfregam as patas por detrás das orelhas e no focinho.

 

10 – Têm um cheio muito característico

Os furões libertam um odor almiscarado sobretudo quando estão stressados e que pode ser intolerável para algumas pessoas. A castração e a esterilização ajudam a reduzir esse cheiro, mas nunca eliminá-lo completamente.

 

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.